Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 21 de agosto de 2012

ENSINO 1


GRUPO DE ORAÇÃO

Amados, quero iniciar este ensino com as seguintes perguntas:
Grupo de Oração: Para que existe? Qual a sua finalidade?
Ele existe:
  • Para reunir pessoas a fim de louvarem a Deus?
  • Para reunir irmãos na fé com a finalidade de passarem um tempo em oração e alimentarem-se da Palavra de Deus?
  • Para que os participantes possam orar no Espírito e alcançar bênçãos divinas?
  • Para dar oportunidades às pessoas de orar e, na oração, serem curadas de seus males físicos, psíquicos e morais?
  • Para que, na oração, se convertam a Deus e a seus irmãos?
  • Para que mais? Qual seria sua resposta? Você está seguro de qual seja a finalidade do grupo que coordena?
É preciso ter idéias claras, objetivas e seguras, a fim de poder cumprir com a sua missão. Para poder determinar a finalidade do grupo de oração, para que existe, é preciso formular e responder a outra questão: qual é a finalidade da Renovação Carismática Católica na Igreja e no Mundo?

Finalidade da Renovação Carismática Católica

O Espírito Santo suscitou a Renovação Carismática Católica na igreja para “provocar e fazer acontecer” uma graça profunda e forte de “renovação da vida cristã” a partir de dentro dos corações. Graça que transforme e renove progressiva, dinâmica e permanentemente a vida cristã. Como conseqüência, provoca uma renovação pessoal nos relacionamentos com Deus, com a família, com a Igreja e com a sociedade, para tender ao estado perfeito da vida cristã, segundo o modelo, que é Jesus vivo (cf. Cl 3,9-10).
A finalidade da RCC é provocar uma explosão da graça batismal para que o cristão viva sua vida cristã com profundidade, radicalidade e grande poder.
A missão da RCC é fazer acontecer, hoje, nos cristãos, aquela benção transformadora que ocorreu com os Apóstolos e discípulos do Senhor Jesus no dia de Pentecostes (Cf. At 2,1-13).
 È fazer acontecer, na vida dos cristãos, o pentecostes pessoal com todos os seus efeitos de transformação da vida cristã, levando-a à plenitude e transbordamento apostólico.
É fazer acontecer um novo Pentecostes, hoje na vida da Igreja, “pela sua afeição e abertura à pessoa e à obra do Espírito Santo, a Renovação Carismática foi aprendendo a ser, verdadeiramente, como rosto e memória  de Pentecostes como sinal da atualidade e da perenidade de Pentecostes”.

Finalidade do Grupo de Oração

A finalidade do Grupo de Oração é a mesma da Renovação Carismática. O Grupo de Oração existe para fazer acontecer o pentecostes pessoal e para cultivá-lo, fortalece-lo e leva-lo à maturidade. O Grupo de Oração existe para provocar e fazer acontecer aquele processo poderoso de renovação espiritual que transforma a vida pessoal do cristão e todos os seus relacionamentos com Deus, com a família, com a Igreja e a comunidade.
O objetivo do Grupo de Oração é levar todos os participantes a experimentar o pentecostes pessoal, a crescer e chegar à maturidade da vida cristã plena do Espírito, segundo os desejos de Jesus: “Eu vim para que todos tenham vida e tenham em abundância” (cf. Jo 10,10b).
Quero ressaltar que o Grupo de Oração é a célula fundamental da Renovação Carismática Católica e caracteriza-se por três momentos distintos: núcleo de serviço, reunião de oração e grupo de perseverança.

Núcleo de serviço – servos que lideram o grupo e devem experimentar e testemunhar o batismo no Espírito Santo. Eles são responsáveis pelo Grupo de Oração, daí a necessidade da formação dos diversos serviços: acolhida, pregação, pastoreio, cura, intercessão, aconselhamento, formação, música, ação social, juventude, casais e etc, que são chamados de Ministérios pela RCC , dentro de um grupo de oração. At 2,1-4.
O objetivo do núcleo de serviço é louvar, orar, interceder pelo grupo, discernir e aplicar a orientação para o grupo. Sua missão é evangelizar e formar os membros do grupo e leva-los a uma profunda experiência com Deus, de vida no Espírito Santo, inserindo-os no conjunto da Igreja.

O perfil do participante do núcleo inclui:
  • Constância nas reuniões de oração;
  • Frutos de conversão;
  • Responsabilidade;
  • Maturidade humana e espiritual;
  • Carisma de Liderança;
  • Senso eclesial;
  • Relativa aceitação comunitária, entre outras características.

Obs.: O núcleo perfeito e orientado pela RCC  é aquele que possui os Coordenadores de Ministério dentro dele, e que o grupo já esteja formado em ministérios. A palavra ministério significa Serviço.

Reunião de oração – momento em que a multidão é evangelizada, experimenta a ação de Deus, testemunha os carismas e tem seu coração tocado. O centro deste momento é o louvor e a pregação com poder. At 2,5-41
Principais características de uma autêntica oração:
  • Centralizada na pessoa de Jesus
  • Carismática, tendo como princípio dinâmico o Espírito Santo.
  • Fraterna e alegre, as pessoas devem se sentir acolhidas, amadas e felizes durante o tempo em que ali estiverem.
  • Espontânea e expressiva, na liberdade do Espírito, o participante deve sentir-se a vontade para louvar em voz alta, cantar, bendizer e gesticular.
  • Ordenada, com um dirigente principal.

Digo ainda que a reunião de oração será mais proveitosa tanto quanto for bem preparada e dirigida, criando assim melhores condições para a ação do Espírito.
È necessário dedicar esforço e carinho na preparação da reunião, dando liberdade para que o Espírito Santo possa mudar tudo adequando à vontade do Pai.
Existem três coisas muito importantes para uma boa reunião de oração:

  1. Intercessão à Ministério de Intercessão
A intercessão ajuda no discernimento do núcleo, através de palavras e moções dadas por Deus que são encaminhadas ao coordenador do grupo.

  1. Rhema
Um termo comumente usado no ambiente da RCC e significa uma palavra inspirada ou recordada de forma atual, para o momento ou situação presente.
O rhema auxilia na preparação e ambientação da reunião, orienta o pregador para a preparação do seu ensino.

  1. Oração antecedente da equipe

É recomendável que se encontrem uma ou meia hora antes do início da reunião de oração: o dirigente principal, a equipe auxiliar, o ministério de musica, o pregador do dia, a equipe de acolhida. Estes se prepararão para conduzir em unidade a reunião.

Grupo de perseverança – Os que foram evangelizados devem ser conduzidos aos grupos de perseverança para crescerem na doutrina, na fraternidade, na participação da Eucaristia e na vida de oração. Este grupo é celeiro de onde sairão aqueles que serão formados para assumirem serviços necessários no Grupo de Oração. At2,42-47
Os grupos de perseverança são fundamentados em quatro princípios (cf. At 2,42):
a)    Doutrina dos Apóstolos
b)    Comunhão fraterna
c)    Fração do Pão
d)    Oração

Os grupos de perseverança devem formar pessoas que possam assumir lideranças; por isso é importante observar alguns sinais para reconhecer líderes em potencial: curioso, mediador, sintetizador, prático, proponente.
O Servo indicado para coordenar o grupo de perseverança deve:
  • Ser pessoa de vida de oração bem ordenada: orante;
  • Ter visão clara do que é o grupo de perseverança;
  • Ter carisma de pastoreio.


Vanderlei Pinho – Delei –Teólogo
Membro do Conselho Diocesano da RCC
Responsável pelo Ministério de Fé e Política Diocesano.
Pregador do Ministério de Formação Diocesano.

Paz e Bem! Que o Senhor Jesus dê a todos os Grupos de Oração rica sementeira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário